Como unir a administração estratégica ao BPM

Como unir a administração estratégica ao BPM

Um dos conceitos mais importantes no mundo corporativo é o de administração estratégica, que nada mais é do que uma metodologia gerencial que torna possível o estabelecimento de direções a serem seguidas pela organização. Além disso, ele tem como objetivo principal aumentar o grau de interação com o ambiente.

Depois de definido o direcionamento que a companhia deverá seguir, é a hora de estudar como os processos contribuem para o alcance desse direcionamento. Isso envolve uma série de fatores, incluindo a percepção de como cada processo agrega valor às entregas finais do consumidor ou cliente final. Pensando nesse contexto, fica cada vez mais evidente a necessidade de melhorar as ações. Isso leva ao uso da ferramenta de BPM, que facilita de forma considerável a execução de várias etapas da tarefa.

Veja como o uso do BPM faz a diferença junto com uma administração estratégica e como ele se enquadra em diversas fases de um projeto.

O BPM na determinação da estratégia

Geralmente, o plano estratégico inicial envolve a análise dos ambientes externo e interno, com a busca de forças e fraquezas de sua empresa e posterior diagnóstico de como usá-las a favor da corporação. Nada melhor do que um programa de BPM funcional e amigável para a realização dessas análises, garantindo que as informações sejam atualizadas de forma automática e confiável. Além disso, com a ferramenta, é possível consultar gráficos e relatórios com informações estratégicas com muito mais rapidez.

Alinhamento da estratégia com os gestores envolvidos

Quando o processo é automatizado, fica muito mais fácil comunicar-se e disseminar a decisão de todos os gestores para a equipe gerencial, que deve entender plenamente as bases e os dados nos quais a diretrizes foram firmadas. As informações chegam aos interessados de forma mais rápida, evitando que haja alguma falha de comunicação.

Acompanhamento constante

A administração estratégica exige acompanhamento contínuo. Então, logo depois de definidos os objetivos e como alcançá-los, é importante que o monitoramento das ações seja constante. E como fazer isso? Com o sistema de BPM, os gestores não só conseguem acompanhar o processo, como também pode redesenhá-lo caso algo não esteja saindo como planejado.

Para desfrutar de todas as vantagens do BPM, é preciso optar por um sistema que ofereça todos esses benefícios. A DM Consultoria, empresa de gestão de processos, possui uma ferramenta exclusiva para este fim. Agende sua reunião e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *